FORMAÇÃO TEÓRICO VIVENCIAL

ESCRITA REPARADORA

                            

1. APRESENTAÇÃO:

 A Formação Teórico Vivencial Escrita Reparadora é a síntese de um processo de onze anos de integração dos conceitos das áreas de conhecimento das Letras, da Psicologia Social Pichoniana e da sistematização das oito versões desenvolvidas da Oficina A Arte de Escrever para Reparar.

As Técnicas utilizadas estimulam o contato com situações de perda, de bloqueios, de medos paralisadores, de dores detidas no passado, latentes, com a vivência de fragmentação ou destruição. Emergem, então, palavras, versos, argumentos, metáforas como objetos internos reparados, ressignificados e a possibilidade da reflexão em grupo operativo como espaço de sustentação e multiplicação de sentidos.

O contato com essa dramática interna e a incorporação de técnicas e recursos literários apontam a integrar o que se vivencia como fragmentado, neste sentido se insere na proposta da promoção da saúde mental, como instrumento de intervenção terapêutica.

A Oficina “A Arte de escrever para reparar” inicialmente desenvolvida no CIEG (Salvador/Bahia) desde 2007 a partir de 2012 é apresentada em congressos internacionais de Grupo Operativo na Argentina, no Chile e Madrid e realizada anualmente na Argentina desde 2013 até a atualidade.

2. OBJETIVO:

Propõe-se a instrumentalizar pessoas na Escrita Reparadora fundamentada na Psicologia Social Pichoniana, nas Técnicas e Recursos Literários com a Metodologia de Grupo Operativo, como recurso terapêutico em trabalhos grupais e/ou nas práticas clínicas.

 3. METODOLOGIA:

Serão utilizadas técnicas e dinâmicas de sensibilização para integração grupal; Técnica de grupo operativo; Reflexão teórica sobre os conceitos da Psicologia Social Pichoniana que embasam o trabalho; Técnicas e recursos literários; Escrita reparadora; Leitura das produções e reflexão em grupo operativo, como espaço de sustentação do psiquismo. A Formação ocorrerá em encontros de final de semana e/ou 4 encontros mensais, uma vez na semana.

4. CARGA HORARIA:

120 Horas distribuídas em 8 módulos

Módulo I: 36 horas

Do Módulo II ao Módulo VIII 12 horas cada. 

5. ESTRUTURA DA FORMAÇÃO

 Está estruturada em oito módulos onde serão desenvolvidas todas as versões da referida Oficina. A metodologia será mantida para todos os módulos e serão desenvolvidas diferentes temáticas da Psicologia Social Pichoniana, da Semiologia, da Teoria da Enunciação e de Recursos Literários.

Módulo I: “Cenários, Personagens, Vínculos e Metáforas” serão trabalhados os conceitos básicos da Psicologia Social Pichoniana que norteiam a Formação; Técnicas e Recursos Literários em Grupo Operativo.

Módulo II: “Recuperando a própria história”. Atitude Psicológica e Distância Ótima.

Módulo III: “Meus Personagens Internos e seus pontos de vista.” Os papéis.

Módulo IV: “Imagens, metonímias e metáforas. Os recursos literários”. A Semiologia.

Módulo V: “A Escrita criativa” – Um passeio pelas quatro versões. Vida Cotidiana.

Módulo VI: “A palavra, minhas palavras” e “O dizer; entre o dito e o não dito”. A Enunciação.

Módulo VII: “Oficina de Escrita Reparadora”. Arte de Escrever para reparar. A Precuela.

Módulo VIII: Oficina de Escrita Reparadora. Arte de Escrever para reparar. «Cenários, personagens, vínculos e metáforas». As perdas, os medos os bloqueios.

  COORDENADORA: Graciela Chatelain

Formada em Letras (UBA) e Psicóloga Social, Autora da Oficina A Arte de Escrever para Reparar e da Escrita Reparadora que desenvolve há 10 anos. Experiência apresentada na Argentina, Chile, Espanha e Brasil.