Em 2012 algumas pessoas dos quatro primeiros grupos trazem a demanda de dar continuidade numa oficina permanente, onde pudessem seguir escrevendo e assim surge um grupo de seis mulheres às que acompanhei, uma vez por semana, durante sete meses, na tarefa de escrever para resignificar: “As fazedoras de palavras”. Tendo  apresentado suas produções no formato de livro artesanal, como também em formato de poesia falada, em dezembro, no encontro para devolução do Relato da Experiência apresentado nas VI JORNADAS EN HOMENAJE AL DR. ENRIQUE PRICHON-RIVIÈRE, IV JORNADAS LATINOAMERICANAS DE PSICOLOGIA SOCIAL -ÁREA: SAÚDE MENTAL E CRIATIVIDADE – TÍTULO: “A ARTE DE ESCREVER PARA REPARAR” por LILIANA GRACIELA CHATELAIN.

Avaliação do Grupo Fazedoras de Palavras em poesia. (setembro de 2012)

Nós

Nós, pronomes

Singular. Plural.

Nós, coletivo

Perfeito, imperfeito

Nós ciranda em movimento

Ritmo, compasso e sintonia

Nós, pentágono unificado

De diferentes notas, tonalidades

E cor.

(Fátima Falcão – 26/09/2012)

 

Poesia sobre nós

Elas não eram costela

Nem eram pó.

Enlaçadas por versos e histórias.

Sintonizadas nas suas dores, lutas

e vitórias.

Na loucura nossa de todos dos dias

Mulheres lobas farejando a vida.

(Bianca – 26/09/2012)

 

E assim vamos!

Fazendo palavras

Trazendo histórias

Entrelaçando

Eu e nós

Na vida

No mundo

Nas palavras

Palavras

Que voam

Muito além do Ubarana,

Através de cada uma dessas mulheres,

Voam

A outros espaços,

A outras vidas.

(Márcia – 26/09/2012).

 

O grupo e o universo. (Cordel.)
Fazedoras de palavras,

são invasoras de si,

procurando encontrar,

o que está por vir!
E buscando tudo isso,

que encontra a verdade,

na sintonia de cada,

entra em liberdade! ….

Graciela, Ray, Márcia

Bianca, Fátima

e até Celina,

numa energia só,

pois estes cafezinhos,

acabam desatando nó!
O mundo a esperar

e nós a encontrar,

pois grupo que opera sempre…

é só elaborar!
Estando sempre juntas,

o sucesso vai chegar!
Pois quando estamos juntas,

estamos a confessar,

podemos comer a hóstia,

agradecer e rezar,

que a arte de escrever,

faz mesmo é reparar!

(Raimunda26/09/2012)

 

 

Em 2013 surgem dois grupos com a mesma  demanda, e assim no final do ano se juntam para apresentar suas produções em dezembro na “Mostra Leitura em Movimento”  .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s